Rádio Icó News

quinta-feira, 1 de julho de 2021

POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA OPERAÇÃO CONTRA FACÇÕES CRIMINOSAS NA REGIÃO DE PARNAÍBA

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (01/07), a Operação “Dionísio II” com a finalidade de reprimir ação de facções criminosas que têm protagonizado sangrenta disputa pelo território de venda de drogas no litoral piauiense.


As investigações apresentaram indícios de tráfico ilícito de entorpecentes, homicídios, roubos, furtos, porte e comércio ilegal de arma de fogo, naquilo que os criminosos denominaram como “Projeto Piauí”.

Durante a investigação, foram colacionados elementos indiciários da relação dos criminosos com aproximadamente 40 casos de assassinatos relacionados à disputa pelo estabelecimento das facções no município de Parnaíba/PI, por meio do uso da força e de ameaças àqueles que resistissem ao intento criminoso.

Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão no município de Parnaíba/PI e em estabelecimento prisional na cidade de Altos/PI, além de outras medidas cautelares determinadas pelo Juiz titular da 2.ª Vara Criminal em Parnaíba/PI.


Foram empregados 35 policiais federais, incluindo integrantes do Grupo de Pronta Intervenção da PF/MA, além do apoio das equipes do Canil da Polícia Militar do Piauí.

A Operação foi denominada “Dionísio” em referência à mitologia grega, cuja entidade divina com esse nome prefigurava o poder de criar drogas poderosas capazes de gerar perigo e o caos.




Comunicação Social da Polícia Federal no Piauí

Um comentário:

  1. Agora que a PF tá na frente, pode ser que eles fiquem mais tempo preso, porque o inquérito sendo conduzido pelo Delegado Federal é muito mais bem feito do que os feitos pelos delegados da civil.

    Essas facções são a maioria de cearenses que tão se espalhando pra lugar onde a segurança é fraca e a policia tem medo. Wellington, Fabio Abreu e Rubens acabaram com o Piauí! Eles não levam segurança a sério. Se o caso do Lázaro fosse aqui, ele tinha fugido e nunca tinha sido pego.

    Ass.: Verdades Doloridas.

    ResponderExcluir