Rádio Icó News

domingo, 8 de dezembro de 2019

COM QUEDA DO CRUZEIRO, FLAMENGO É O ÚNICO CLUBE 100% NA HISTÓRIA DO BRASILEIRÃO; ENTENDA

Resultado de imagem para com queda do cruzeiro flamengo é o unico 100% no brasileirão
Cruzeiro foi rebaixado de forma inédita no Campeonato Brasileiro neste domingo. Com isso, o Flamengo segue como único, até hoje, a participar de todas as edições da elite do Campeonato Brasileiro.
Desde 1971, os dois times estiveram presentes em todas as edições do campeonato sem nunca terem caído o Flamengo, campeão indiscutível neste ano, defenderá o título no ano que vem, enquanto o Cruzeiro irá disputar a Série B pela primeira vez em seus 98 anos de história. Para evitar o descenso, a equipe celeste precisava vencer o Palmeiras em casa e torcer para o Ceará perder para o Botafogo. Além de seu concorrente ter empatado, os mineiros ainda foram derrotados no Mineirão.
Vale destacar que, além de Flamengo e Cruzeiro, São Paulo e Santos também nunca foram rebaixados no Brasileiro, mas não estiveram presentes em todas as edições do campeonato. A dupla San-São não disputou o campeonato de 1979 por conta de um "boicote", que ainda contou com Corinthians e Portuguesa.
Cadeiras arremessadas, invasão de campo e tiros; o triste fim de Cruzeiro x Palmeiras na arquibancada
Resultado de imagem para cadeiras jogada em campo na derrota do cruzeiro para o palmeiras

O motivo para a ausência do quarteto paulista foi uma divergência no calendário. O Campeonato Paulista de 1978 se arrastou até o ano seguinte e, por priorizarem o Estadual, as equipes só aceitariam disputar a competição nacional se pudessem ingressar a partir da terceira fase - direito que era reservado somente ao campeão e vice da edição anterior (Guarani e Palmeiras).
Como o pedido dos clubes não foi atendido, São Paulo, Santos, Corinthians e Portuguesa optaram por não participar do Campeonato Brasileiro de 1979. O campeão daquele ano foi o Internacional.
Além do Cruzeiro, CSA, Chapecoense e Avaí também caíram em 2019.

ESPN

Nenhum comentário:

Postar um comentário