Rádio Icó News

sábado, 29 de maio de 2021

POLICIAL INATIVO DO RIO DE JANEIRO É PRESO EM LUÍS CORREIA ACUSADO DE SEQUESTRO E TENTATIVA DE ESTUPRO

O militar reformado da PM-RJ, Paulo Gustavo, de 55 anos, natural do Rio de Janeiro, residente no bairro São Judas Tadeu em Parnaíba, foi preso pela Força Tática no bairro Coqueiro da Praia no litoral piauiense no inicio da madrugada deste sábado (29/05), sob acusação de tentativa de estupro e cárcere privado.

De acordo com as informações, uma jovem evangélica de 24 anos seguia em uma motocicleta quando foi abordada por volta das 21hs de sexta-feira(28), nas imediações do mercado da 40. Ela tinha saído de casa para pegar sua mãe na igreja, e durante o trajeto, foi abordada por um homem armado conduzindo o Fiat Uno vermelho.


O homem teria apontado o revólver para garota alegando que um traficante estava à procura dela, pois teria comprado uma porção de cocaína e não ter pago pela droga. A vítima, assustada comentou que era evangélica e quase não saia de casa e que o homem estava enganado. Mesmo assim, ele ordenou que ela entrasse no carro apontando lhe o revólver, dizendo que a levaria até o traficante, caso não fosse ela, a mandava embora. A vítima estacionou a motocicleta e entrou no carro, que partiu em direção a Luís Correia. 

O suspeito parou o carro em um determinado local e mandou a vitima descer e deitar, dizendo que iria mata-la. Falando ao mesmo tempo no telefone com um suposto traficante. Depois disse que a liberaria, mas que ela fizesse relação sexual com ele, o que não ocorreu. Na sequencia, entrou e levou a vítima novamente, ordenando que ela deitasse no banco do carro, continuando o sequestro. 

O carro em questão passou por ruas do bairro Beira-Mar em Luís Correia momento em que havia uma patrulha da Ciptur realizando abordagem nas imediações. Os policiais suspeitaram e fizeram o acompanhamento tático, finalizando na rotatória do Coqueiro da Praia. 

O homem abandonou o carro e a mulher fugiu pelo mato com a arma. Foi solicitado reforço do 2º BPM em Parnaíba, onde a patrulha coordenada pelo sargento Alexandre localizou o homem que recebeu ordem de prisão. 

Questionado onde teria deixado o revólver. O acusado levou os militares até o matagal por trás do posto de gasolina. A arma foi apreendida e o caso enviado à central de flagrantes.

O acusado alegou ser usuário de cocaína e doente. 



Informações; Portal do Catita

Um comentário:

  1. Que frevo doido, rapaz! Absurdo o que esse canalha vagabundo fez.

    O que eu não entendi é se ele consumou o estupro sim ou não. Eu torço que não tenha feito isso com a inocente.

    ResponderExcluir