Rádio Icó News

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022

COM 87% DOS LEITOS DE UTI OCUPADOS, PIAUÍ AVANÇA EM NÍVEL CRITICO DA COVID

Alerta crítico: 87% das UTI"s Covid-19 do Piauí estão ocupadas

Alerta crítico: 87% das UTI's Covid-19 do Piauí estão ocupadas 

O boletim emitido nesta quinta-feira (3) pela FioCruz apontou uma piora na ocupação dos leitos Covid-19 no Piauí e em mais sete estados, incluindo o Distrito Federal. Todos da lista estão com mais de 80% dos leitos ocupados. 
O Piauí aparece em quinto lugar, com 87%. A situação mais grave é no Rio Grande do Sul, com 103%. A Fiocruz já vinha alertando para o aumento da ocupação dos leitos de UTI para síndrome respiratória aguda grave (SRAG) ou Covid-19 há pelo menos três semanas.

No boletim divulgado na semana passada, o Piauí estava com 82% dos leitos ocupados e, mesmo com o aumento de leitos implantados pela Sesapi, esse índice subiu. De acordo com o relatório da Fiocruz, o número de leitos de UTI no estado subiu de 151 para 164, um acréscimo de 13 unidades. 

Além dos oito estados em situação crítica, outros dez ficaram com nível de alerta intermediário (acima de 60% e abaixo de 80%) nas taxas de ocupação dos leitos. O estado do Tocantins, por exemplo, está com 78% de ocupação. 

No boletim, a fundação pontuou, entretanto, que o cenário da pandemia não é o mesmo registrado entre março e junho de 2021. Isso porque, mesmo com o acréscimo de leitos que ocorreu na maioria dos estados recentemente,  a disponibilidade atual de leitos intensivos é bem menor.

Lista dos Estados em situação crítica

  • Mato Grosso do Sul (103%)
  • DF (97%)
  • Goiás (91%)
  • Pernambuco (88%)
  • Piauí (87%)
  • Mato Grosso e Rio Grande do Norte (86%)
  • Espírito Santo (83%)
  • Amazonas (80%)

Lista de estado com alerta intermediário

  • Tocantins (78% de ocupação)
  • Santa Catarina (76% de ocupação)
  • Pará e Bahia (74% de ocupação)
  • São Paulo e Paraná (72% de ocupação)
  • Amapá e Alagoas (69% de ocupação)
  • Ceará (67% de ocupação)
  • Rio de Janeiro (62% de ocupação)



Meio Norte





Nenhum comentário:

Postar um comentário